Cuidados com a visão do seu pet

Cuidados com a visão do seu pet

Fique atento aos sintomas relacionados às doenças oftálmicas e que necessitam de atendimento especializado de um oftalmologista. São eles:

  • Excesso de lacrimejamento;
  • Secreção ocular de cor amarelada ou esverdeada;
  • Olhos avermelhados;
  • Olhos ressecados;
  • Piscar demais ou manter os olhos sempre fechados;
  • Olhos azulados ou embaçados;
  • Dificuldade visual ou cegueira súbita;
  • Sangramento ocular, entre outros.

O diagnóstico correto e realizado de forma precoce, por um veterinário especializado, pode garatir a saúde e a visão dos nossos pets.

Doenças mais comuns

São várias as doenças que podem acometer cães e gatos, sendo algumas mais comuns em determinadas raças. Os cães de pequeno porte, por exemplo, são mais predispostos à formação de cataratas, o que já não é tão comum nos felinos. Cães das raças Sharpei, Golden Retriever, Rotwweiller e Labrador podem ter as pálpebras mais para dentro, o que denominamos de entrópio, ou palpebras caídas (ectoprio), como nos cães de raças gigantes como o São Bernardo.

O olho seco, também conhecido como KCS, pode ser mais comum nos Cockers, Beagles, Bulldogs e Lhasa Apsos. Já as uveítes podem acontecer tanto em processos infecciosos quanto traumáticos.

Já os gatinhos podem ter úlceras infecciosas decorrentes de doenças principalmente de origem viral ou doenças predispostas a determinadas raças, como os Persas, que têm maior predisposição ao entrópio devido a sua conformação anatômica de nariz mais curto.

Exames

Assim que o especialista avaliar o seu animal, será possível determinar quais exames serão necessários para o diagnóstico da doença. Podem ser necessários exames específicos como avaliação do fundo do olho, teste de Schimmer e avaliação da pressão intraocular, teste com Fluoresceína e ultrassom ocular, assim como, algumas vezes, exames mais complexos podem ser necessários, como tomografias e radiografias de crânio. 

Tratamentos

O tratamento será instituído após avaliação do seu animal, com o uso de medicamentos próprios para a doença oftálmica que ele apresenta. O uso de colírios, pomadas oftálmicas, lubrificantes oculares e até mesmo correção cirúrgica podem ser indicados, sempre com o objetivo de melhorar a visão e manter o bem-estar do seu amigo pet. 

Por Invet Center Limeira

Deixe uma resposta

× Whatsapp